Supermercado em Dublin – Quanto custa?

Sou comilona e defendo que a comida não deve ser apenas o combustível pro corpo não parar, mas também um prazer. Com este pensamento e dotada de poucas habilidades culinárias, sabia que teria o desafio de cozinhar quando desembarcasse em solo irlandês, do contrário, gastaria todo o dinheiro em um piscar de olhos. E aí? Comer por comer ou comer por prazer? Quanto gastar? O que comprar?

Quando estava na fase das pesquisas pré-intercâmbio, vi muita gente comentando que é possível fazer as compras do mês com cerca de 100 euros por pessoa. E aí? Como saber? Só vivendo!

Esse post é o resultado de um desafio ao qual me propus quando voltei de Londres, no dia 29 de julho, e encontrei a despensa quase vazia. O desafio não é “gastar menos de cem euros por mês” ou “economizar o quanto puder”, mas ter a disciplina de anotar, semanalmente, TODOS os gastos com comida e itens compartilhados, como detergente e papel higiênico.

Coisas que já tinha: uma lata de atum, 500 gramas de açúcar, 500 gramas de aveia, 200 gramas de manteiga, canela em pó, alho, sabão líquido para roupa, shoyu e uma lata de milho.

Vamos lá!

Na primeira semana, comprei o essencial para passar os primeiros dias.

semana01

Já na segunda, os medalhões de porco foram minha grande descoberta. Sabia temperar frango e carne, mas não tinha o costume de usar/comer carne suína como fonte de proteína em uma refeição, logo, não sabia preparar. Com Google, alho, pimenta, sal, sumo de limão de shoyu, ficam ó: uma delícia! #chefSavana #chamaoscachorro #AcordaMenina

semana02

Nessa semana, acordei inspirada a levar uma vida saudável e terminei pé na jaca. Preparei legumes assados e comi junto com meu super-hambúrguer-de-atum-com-aveia e eles ficaram tão bons que pensei: “vou comprar logo 1kg (mais barato), aí congelo e terei legumes para toda a eternidade! Muahuahuahuaa!”.

semana03E aí o que eu, dona-de-casa-super-prendada-só-que-ao-contrário, fiz? Cheguei em casa e taquei os pacotes no freezer. Quando fui usá-los, percebi de cara que a cenoura não tava legal e ela foi direto pro lixo. Que dó, que dó!

tinytree
Olha esta pequena árvore.
Você pode comer isso?
Você pode comer isso?

As batatas continuavam com boa aparência e foram aproveitadas, mas bastou uma garfada para perceber que o sabor e a textura não eram mais os mesmos. Para quem não sabe – eu não sabia – é preciso branquear alguns legumes antes de congelar. Não me arrisquei a fazer isso até então. Resumindo: joguei dinheiro fora.

A quarta semana, na verdade, foram dez dias. Foi engraçado perceber o quanto a maldita TPM influenciou as minhas compras. Todos os excessos que não cometi nos outros dias foram cometidos durante este período. Se tiver ruim de ler, clica que aumenta. ;)

semana04

total

Conclusão – Dá para viver bem com menos de cem euros, se a pessoa for nos lugares certos. Como podem perceber, quase nunca compro no Tesco. Lá tem muita variedade e produtos de qualidade, mas os outros também oferecem coisas boas. Além disso, uns centavinhos economizados ali, outros aqui e, no fim do mês, já dá pra comprar alguma coisa na Penneys. ;)

Com esse desafio, consigo ver claramente o que posso cortar e o que preciso evitar (chocolates baratos e bons, inclusive). Já sei que preciso incluir outros legumes e verduras na alimentação, mas… mas… ah, isso fica pro mês que vem. Enquanto isso…

relaxing eating honey boo boo

4 Comentários


  1. Ainda bem que homem não sofre com TPM, a não ser os que namoram rs.
    Eu sou muito de pesquisar, faço uma lista do que preciso e vou nos 4 hipermercados que tem próximo da minha casa e vejo o preço em cada e no outro dia vou e compro. Eu consigo gastar cerca de R$250,00 por mês e comprando bastante coisa. Acho que quando chegar em Dublin vai dar pra me virar com menos de €100,00.

    Responder

  2. Muito legal o post! Eu já fiz esse levantamento tb por alguns meses…a minha média de gastos mensais é de €250, comprando cerveja toda semana e coisas diversas no mercado. Importante citar que isso é pra um casal, e que “luxamos” de vez em quando, tipo compramos um vinho ou outro, queijos diferentes, etc…

    Responder

  3. Bacana o seu post, bacana o blog, bacana tudo!
    Estou me preparando pra ir pra Dublin, e é muito bom colher esse tipo de informação.
    Um beijo e um queijo.
    =]

    Responder

Deixe uma resposta