Cultura e Diversão

Impressões de um irlandês no Brasil

Impressões de um irlandês no Brasil

Passagens compradas. Brasil, lá vamos nós! Seria não apenas a minha primeira visita ao meu país desde que vim fazer intercâmbio em Dublin, mas também a primeira vez do David na América do Sul. Cada pessoa falava uma coisa. Cuidado com os mosquitos, não exagere no dendê, não reaja a assaltos, passe protetor solar, não beba água da torneira e por aí vai. Eram seis semanas e ele, ao mesmo tempo que tinha expectativas altas, não sabia o que esperar. Antes da viagem, David foi Continue lendo

Dica de filme: Life’s a Breeze

Dica de filme: Life’s a Breeze

Sabe aquela noite de sábado chuvosa, fria, em que tudo o que você mais quer é cama e edredom? Era esse o cenário quando assisti Life’s a Breeze, produção irlandesa lançada em 2013. Na sinopse: “Uma família acaba jogando fora um colchão recheado de dinheiro e inicia uma caçada para recuperá-lo”. Com essa descrição meio no estilo Sessão da Tarde (“Uma família da pesada vai embarcar em uma grande aventura”), não esperava muito do que estava por vir, mas não tinha nada a perder, né? Continue lendo

Song of the Sea – mágico, etéreo e heartbreaking

Song of the Sea – mágico, etéreo e heartbreaking

Song of the Sea, animação irlandesa lançada em 2014, foi uma feliz descoberta proporcionada por Renato, colega de trabalho que fez essa indicação no dia em que nos conhecemos. “Opa! Esse cara deve ser legal!”, pensei. : ) Sou fã de animações em geral. Tudo começou com os clássicos da Disney, claro, e daí foi evoluindo para outras belas descobertas, com histórias mais complexas e que não seguem o roteiro princesa-frágil-em-perigo-é-salva-pelo-príncipe-e-vivem-felizes-para-sempre (o que não me fez deixar de gostar desse tipo de fábula). Apesar de ter Mary Continue lendo

Top 5 – Músicas de pubs irlandeses que você precisa conhecer

Top 5 – Músicas de pubs irlandeses que você precisa conhecer

Ao desembarcar na Irlanda, uma das primeiras coisas que o intercambista/turista quer fazer é ir conferir se uma noite em um pub irlandês é realmente tudo aquilo que ele leu/ouviu: cerveja, música, animação  e paquera. Destino: Temple Bar, considerada a área mais boêmia da cidade. Ora, todo mundo sabe que irlandês que é irlandês não bebe por lá (um dos motivos é o alto preço cobrado pelas pints – cerca de € 7). Mesmo ciente de que a maioria dos pubs têm aquele ar caricato, pra turista Continue lendo

Shush! E outras maneiras de ver o mundo

Shush! E outras maneiras de ver o mundo

Dia desses, lendo um artigo intitulado “10 dicas e truques para aprender qualquer idioma“, encontrei um trecho que gostei muito. Segue logo abaixo: “Eu acho que cada idioma revela uma forma de ver o mundo. Se você fala um determinado idioma, você terá uma forma diferente de analisar e interpretar o mundo da do falante de um outro idioma. Até mesmo idiomas que são bem próximos como espanhol e português, que podem ser considerados mutuamente inteligíveis, são da mesma forma dois mundos diferentes – duas Continue lendo

Top 5 – Coisas que AMO em Dublin

Top 5 – Coisas que AMO em Dublin

“The reason a lot of people really like Dublin in the end, is never the same reasons as they come for“. Este post é o antídoto para o Top 5 – Coisas que não gosto em Dublin. É certo que a vida de intercambista não é fácil pra quase ninguém, mas nem tudo é feito de problemas e chateações. Quer a prova? ;) O dinheiro rende… quando você começa a ganhar em Euro – A Irlanda é um dos países com maior custo de vida Continue lendo

E o Saint Patrick’s Day?

E o Saint Patrick’s Day?

A expectativa para o meu primeiro Saint Patrick’s Day estava alta, mas foi duro sair da cama às 08h para ir até o centro de Dublin e assistir à parada. Era feriado, gente! Feriado pede uns minutos a mais de preguiça e enrolação embaixo das cobertas – e estava friozinho. ;) Pegar ônibus também não foi tarefa das mais fáceis. Vi a decepção em muitos rostos nos pontos de ônibus sempre que o “motô” passou direto por não poder coletar mais ninguém. Quem já passou Continue lendo

Dublin: 06 contas no instagram que você deveria seguir

Dublin: 06 contas no instagram que você deveria seguir

Não há como negar: Dublin é uma cidade fotogênica. Cada quarteirão, ruela ou ponte esconde – ou exibe – cenas dignas de uma dúzia de cliques. No meu mundo ideal, eu andaria com minha câmera pra cima e pra baixo o dia todo, apenas registrando esses momentos e ficando rica. São pessoas, intervenções urbanas, gaivotas gigantes, casarões históricos, o Liffey… as possibilidades são infinitas para os apaixonados por fotografia. Deixando os devaneios de lado, vamos ao que interessa: seis sugestões de contas do instagram que todos Continue lendo

Ano-Novo em Dublin

Ano-Novo em Dublin

Uma debandada. Aprendi essa palavra assistindo O Rei Leão e achei que dificilmente a utilizaria, especialmente em uma postagem sobre o Ano-Novo em Dublin. A capital irlandesa não tem uma fama muito boa quando o assunto é badalação no Réveillon, por isso, muita gente aproveita a ocasião para viajar para Londres, Berlim, Paris e outros destinos que a Ryanair, essa entidade celestial que nos permite viajar ao custo de duas Mc Ofertas + uma casquinha, oferece. Apesar disso, fiquei foi por aqui mesmo. Não que isso seja ruim, afinal, Continue lendo

(Meu) Natal em Dublin

(Meu) Natal em Dublin

O Halloween nem tinha acontecido e os enfeites de morcegos e bruxas já dividiam as prateleiras com bonecos de neve e guirlandas. “Minha gente, que exagero”, eu pensava. Pra quê tanta antecipação se Outubro ainda estava vivo? Ok, não sou um bom parâmetro. Até uns 09-10 anos, adorava participar da montagem da árvore de natal, que nunca era um pinheiro de plástico com pontas pintadas de branco e, sim, um grande galho seco que minha mãe encontrava pela rua. Ficava lindo, mas depois de um Continue lendo

Conheça The FitzaFrenic

Conheça The FitzaFrenic

Pelas ruas de Dublin nos deparamos com diversas formas de manifestação cultural. É possível assistir belas performances em uma esquina qualquer, mas existem pontos que já são conhecidos por reunir um grande número de atrações, como o Temple Bar e a Grafton Street. Foi em um desses passeios sem grandes pretensões pela principal rua de compras da capital irlandesa que me deparei com uma das melhores bandas que já vi por aqui, a The FitzaFrenic. Na estrada há seis anos, a banda foi fundada por Continue lendo

Halloween em Dublin

Halloween em Dublin

Halloween do Brasil não é Halloween, todo mundo sabe. É igual comemorar Natal no Nordeste com um pinheiro fake e pontos brancos que imitam neve. Não é autêntico. Existe até quem defenda a extinção da comemoração, considerada tipicamente americana, e a criação Dia do Saci. É sério, gente… parem de rir! Falando sério: todo país precisa ter sua tradição e seus mitos, mas instituir um Dia do Saci pra competir e criar uma espécie de “resistência”? Zzzzzzzz… Entrando no que interessa: assim como muita gente, eu Continue lendo

Os encantos de Dun Laoghaire

Os encantos de Dun Laoghaire

Não se preocupe se você não souber pronunciar: dizem que uma das maiores diversões dos moradores locais é ver um turista travando ao tentar falar o nome da pequena cidade vizinha à capital Irlandesa. Para se livrar do sufoco, basta falar “Dun leary” e tudo estará bem. Em um sábado de sol e vento, a viagem começou pela Connolly Station, em Dublin 1. É possível ir de ônibus, mas pegar o DART é a forma mais rápida de se chegar à Dun-Dun, localizada a cerca de Continue lendo

Desvendando as Montanhas de Dublin

Desvendando as Montanhas de Dublin

O post já começa atrasado, mas por um bom motivo: estava muito empolgada com meus resultados nas provas da SEDA e do PET para pensar em outra coisa. Agora que o combo ~exibida feat. orgulhosa~ acabou, dá pra falar um pouco deste passeio que fizemos em setembro.  A atividade foi promovida pela SEDA College e pudemos acrescentar mais alguns capítulo ao livro de aventuras em terras irlandesas. Em uma manhã de sábado, nos reunimos em frente à sede da escola, na Capel Street, e partimos em direção ao Marlay Continue lendo

Pelas ruas de Dublin – Things we throw away

Pelas ruas de Dublin – Things we throw away

Pelas ruas de Dublin podemos nos deparar com diversas formas de manifestação cultural. Existem pontos que já são conhecidos por reunir um grande número de atrações, como o Temple Bar e a Grafton Street, mas também é possível assistir belas performances em uma esquina qualquer. No início do mês conferi o Things We Throw Away, projeto muito interessante promovido pela Wide Open Opera e apoiado pelo Conselho Municipal de Dublin. Durante dois dias, as ruas se encheram com o som de cinco pequenas óperas cantadas ao vivo e trilha sonora executada Continue lendo