Achado: Green Pea – Um pedaço da Irlanda em Londres

Quando o assunto é culinária irlandesa, qual é o primeiro pensamento que vem à cabeça? Não preciso nem me esforçar muito pra descobrir que a sua resposta é…

BATATAS

Acertei, não? Se você respondeu “Fish & Chips”, é um mentiroso moderado. Se você respondeu “Irish Stew”, pode embalar suas coisas e passar no RH porque não aceitamos pessoas com perfil desonesto nesta empresa.

Brincadeiras à parte, a culinária irlandesa não é daquelas de encher os olhos como a italiana ou a portuguesa, mas isso não a impede de ser saborosa e até mesmo saudável. Duvida? Continue lendo! :)

 O Green Pea foi um grande achado do David quando estivemos em Londres, no começo deste ano. De acordo com o TripAdvisor, a cidade contabiliza mais de 17 mil restaurantes. Encontrar um pequeno estabelecimento irlandês logo nas primeiras posições, dividindo espaço com chefs-popstars como Jamie Oliver e Gordon Ramsay, é algo a ser investigado.

Resolvemos encarar a missão na tarde do dia 1º. Chegar lá não foi fácil. Pegamos metrô, trem e ainda andamos quase um quilômetro até encontrarmos o lugar. O trajeto levou quase duas horas e nós já estávamos fazendo a dancinha da celebração quando… oh-oh! Fechado? Como assim? Isso mesmo. O estoque tinha acabado. Nós não conseguíamos acreditar e o caminho de volta foi todo baseado nos suspiros de frustração e fome. David, como bom irlandês, começou a pedir desculpas por algo que não era culpa dele. Eu, como boa brasileira, comecei a reclamar que isso era um absurdo, como é que um restaurante fica sem comida no Ano-Novo, que falta de respeito com o consumidor e por aí vai. Depois a gente achou um outro lugar maravilhoso pra comer e ficou tudo bem.

#medesculpeportudooqueeudissequandoestavacomfome

Lição nº1 – Nem tudo é perfeito.

No dia seguinte, olhamos um para o outro e entendemos que deveríamos tentar de novo.

giphy (3)

Chegamos lá e estava aberto. Hooraaaay! Mas a primeira pergunta do Tom, dono do restaurante, foi: vocês têm reserva? O sangue gelou e a gente disse que não, mas eu devo ter feito uma cara tão sofrida que ele acomodou a gente.

Lição nº2 – Faça reserva.

Antes de falar da comida, pausa para um pouco de história. Tom O’Connor é de Sligo e começou a cozinhar ainda adolescente, aos 14 anos. Abriu o Green Pea há mais ou menos oito anos e, nos últimos meses, foi surpreendido com a quantidade de novos clientes e turistas que começaram a aparecer por lá em virtude das opiniões positivas pela internet.

O ambiente é simples e informal. Com três funcionários fixos e capacidade para 40 pessoas, o menu, especializado em comida de pub, varia de acordo com a disponibilidade da casa.

Menu? Que menu? No nosso caso, o Tom parou ao lado da mesa e nos falou quais eram as opções disponíveis. Você pede sem nem saber quanto tá pagando, mas tudo cheira tão bem que a pessoa até esquece desse detalhe.

Nossas escolhas: torta de carne ao molho de Guinness e torta de frango cremosa, com bacon e alho-poró, ambas acompanhadas por batatas, cenouras, brócolis, couve e molho gravy, normalmente preparado com o caldo que costuma sair da carne quando assada e algumas especiarias.

Em poucas palavras: foi simplesmente uma das melhores coisas que já comi na vida. O David também aprovou e não parava de repetir que comida simples, quando bem preparada, é sempre a melhor.

Tudo é fresco. A massa das tortas é caseira e é possível ver a cozinha e os sacos de vegetais esperando para serem cortados e cozidos de acordo com a demanda. Quando acaba, acaba.

A porção é bem servida e eu só dei conta do meu prato porque estava muito bom e eu não queria parar de comer. É de abrir o botão da calça no final.

O dono do restaurante é aquele tipo de pessoa ligada no 220. Anda pra lá e pra cá com um paninho no ombro, pegando pedidos, recitando o menu, trazendo a conta e indo na cozinha. Na saída, fiz questão de elogiar e só aí é que ele deu uma diminuída no ritmo. Ele sabe que é bom, mas ouvir de novo nunca é demais né?

A farra, com duas cervejas e um refrigerante inclusos, saiu por £ 32. Parece caro, mas pode acreditar: vale cada centavo.

www.green-pea.org
92 Trafalgar Road  London, Greater London SE10 9UW

1 Comentário


  1. Savana, amei essa dica porque adoro comida, principalmente comida boa! rs
    Sem falar que sempre dou risada dos gifs que você usa – onde você acha tantos gifs legais?!

    Responder

Deixe uma resposta